Mobirise Website Builder

Cafeicultura de Espírito Santo do Pinhal ganha melhor acesso ao mercado com investimento do Microbacias II

O secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, visitou na quinta-feira, 20 de julho, as obras da unidade de torrefação de café e as melhorias no sistema de armazenamento na Cooperativa dos Cafeicultores da Região de Pinhal (Coopinhal), em Espírito Santo do Pinhal. O investimento ultrapassa R$ 2 milhões e foi obtido com o Projeto Microbacias II – Acesso ao Mercado, executado pela Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati) da Pasta.

O objetivo é ter acesso a novos mercados para comercializar os produtos, além do fortalecimento e a geração de renda dos cooperados, promovendo o desenvolvimento da economia local e da cadeia produtiva, ofertando produtos de qualidade a preços competitivos.

Para o secretário Arnaldo Jardim, o trabalho de parceria entre o poder público e cooperativismo faz a diferença para levar ao produtor rural o conhecimento necessário para o fortalecimento do setor agropecuário, que tem “salvado a lavoura” nessa atual conjuntura econômica do Brasil. “O Projeto Microbacias II agrega valor à produção agrícola paulista, capacitando o nosso produtor rural a atender as necessidades do mercado, e com isso trazer qualidade à produção e gerar renda para sua família e para o município, conforme nos orienta o governador Geraldo Alckmin”, disse.

Arnaldo Jardim ressaltou também que o trabalho que será desenvolvido pela Coopinhal a partir da melhoria de sua infraestrutura vai contribuir para agregar ainda mais valor para a produção de café do município de Espírito Santo do Pinhal, que é referência nacional em café.

Presidente da Coopinhal, Alexandre Hüsemann afirmou que o trabalho do Governo do Estado de São Paulo transcende a ajuda à cooperativa, pois “é um trabalho social, que auxilia o produtor rural a se fortalecer como comunidade, melhorar sua produtividade e qualidade de vida”

Microbacias II

Iniciado em 2011, o Projeto de Desenvolvimento Rural Sustentável (PDRS) Microbacias II – Acesso ao Mercado é uma ação do governo paulista, implementada por duas de suas secretarias, a de Agricultura e Abastecimento, por intermédio da Cati, e a do Meio Ambiente, via Coordenadoria de Biodiversidade e Recursos Naturais (CBRN).

Em seis anos de Projeto, barreiras foram superadas: homens e mulheres voltaram às propriedades rurais para garantir seu sustento e aprenderem a gerenciar o próprio negócio; tradições culturais foram mantidas; produtos agrícolas tiveram valor agregado; consumidores receberam alimentos de melhor qualidade; estradas rurais foram recuperadas; o meio ambiente foi preservado e outras tantas transformações foram possíveis.